85 98873.4554 letic_rib@hotmail.com
Treinamento funcional para crianças é a novidade da Planet Academia

Treinamento funcional para crianças é a novidade da Planet Academia

O treinamento funcional para crianças da Planet Academia é também chamado de Bem Star Kids. O espaço conta com uma equipe de educadores físicos especializados para atuar com crianças de 5 a 12 anos de idade, ajudando no seu desenvolvimento corporal.

treinamento funcional crianças 2

Em um mundo, onde, hoje, quase um terço da população mundial está com obesidade ou acima do peso, conforme a pesquisa Global Burden of Disease, a prática de exercício físico ainda quando criança se tornou ferramenta importante para uma melhor formação do corpo e para o combate de possíveis doenças provenientes do excesso de peso. Voltada para beneficiar o desenvolvimento dos pequenos e, ao mesmo tempo, entreter o público infantil com atividades lúdicas voltadas para eles, a Planet Academia conta com o espaço Bem Star Kids.

treinamento funcional crianças 1

Atendendo a crianças de diferentes idades e diferentes perfis, o Bem Star Kids é composto por uma equipe de profissionais especializados para atuar com o público infantil. Com aulas promovidas durante as segundas, quartas e sextas, no período da tarde, o programa lúdico-pedagógico acolhe 20 crianças de 5 a 12 anos.Para o educador físico Francisco José de Sousa, “quanto mais cedo a criança começa a praticar uma atividade física, melhor se adapta seu relógio biológico. E o que seria obrigação, passa a ser um hábito”.

O diferencial do Bem Star Kids, segundo Sousa, é que o treinamento funcional é estritamente voltado para crianças. “Nosso treinamento mexe com a coordenação motora, ação e reação, percepção de som, e muitas outras coisas. Trabalhamos desde crianças que já fazem outras atividades, até aquelas que ficam muito tempo paradas, só ligadas a tecnologia”, acrescentou o especialista.

Serviço:
Aulas do Bem Star Kids, da Planet Academia, nas tardes das segundas, quartas e sextas
Endereço: Av. Oliveira Paiva, 2455 – Cidade dos Funcionários, Fortaleza/CE
Contato: Ligar pelo Hangouts (85) 3271-0171
Contato do educador físico que atua no programa: Sousa – 98819-9354

O menino que virou robô de videogame

O menino que virou robô de videogame

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, de 3 a 5 de junho, o espetáculo Victor James – o menino que virou robô de videogame, uma peça que une teatro, mímica e humor. A proposta é do grupo carioca Centro Teatral e Etc e Tal, que volta a Fortaleza após trazer a montagem Fulano & Sicrano, em março. 

Referência na linguagem da mímica, o grupo Etc e Tal tem no seu repertório diversos espetáculos para adultos e para crianças. Victor James atende a todas as idades e já percorreu o Brasil em diversos festivais teatrais. Também passou pela Europa, onde participou do Festival de Teatro Infantil da Dinamarca, tendo sido o primeiro espetáculo brasileiro a estar nesse consolidado encontro internacional.

O espetáculo é uma divertida e inusitada mistura de linguagens teatrais, que reúne narração, mímica e desenhos projetados. Um verdadeiro jogo teatral. Seja na trilha sonora composta em harmonia com a movimentação dos atores, seja nos figurinos “ilustrados em seus corpos”, seja nos objetos em cena e na iluminação que se desenha no palco. Com o efeito ilusório da mímica, os atores chegam ao imaginário do público através de diferentes personagens e formas geométricas, que se constroem no espaço.

A história é baseada em um garoto que passa seus dias em frente a um jogo de vídeo game. Negando café, almoço, jantar, hora de banho e de estudar. Sonhando com as sensações de ter aqueles poderes. Até que, finalmente, Victor se transforma em um dos seus bonecos/robôs, indo viver experiências nada agradáveis dentro da prisão que é uma tela de computador. Sentindo na própria pele o que seus bonecos virtuais sentem, ele começa finalmente a descobrir limites.

Foto: Mariana Rocha

Foto: Mariana Rocha

Após as apresentações, haverá uma sessão de bate papo com os atores do Etc e Tal. Eles vão trocar informações com o público sobre a trajetória dos mais de 20 anos de grupo, além das curiosidades sobre o mundo da mímica e a adaptação de obras literárias para os palcos.

Sobre o Etc e Tal: Formado pelo trio de cômicos Alvaro Assad, Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo, a companhia carioca de repertório fundada em 1993, desenvolve sua pesquisa artística calcada na tríade Teatro-Mímica-Humor. Compõem o seu repertório permanente os espetáculos Fulano e Sicrano (adulto), Victor James (infantil), O Macaco e a Boneca de Piche (infantil), No buraco (adulto), ¿Branca de Neve? (infantil) e o mais recente Draguinho (infantil). Nestes 22 anos, o grupo realizou em torno de 2.500 apresentações de seus espetáculos de repertório, sendo assistido por mais de 500 mil espectadores. Os atores participam de turnês e mostras de Teatro Internacionais (Alemanha, Dinamarca, França, Portugal, Argentina e Paraguai), além de nacionais, arrematando inúmeros prêmios e milhares de gargalhadas.

Serviço: 

Teatro: Victor James – o menino que virou robô de videogame
Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
Data: 3 a 5 de junho de 2016
Horários: sexta-feira, às 15h | sábado, às 16h e 18h | domingo às 18h
Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
Vendas a partir do dia 02/06, das 10h às 20h, na bilheteria da CAIXA Cultural
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista gratuito no local para as sessões de sábado e domingo. 

Bilheteria CAIXA Cultural Fortaleza:
(85) 3453-2770

Crianças de fases é tema da roda de mamães do Espaço Vida Infantil

Crianças de fases é tema da roda de mamães do Espaço Vida Infantil

Crianças de fases acontecerá no próximo dia 31 de maio, no Espaço Vida Infantil, vai ter um bate papo muito legal com a psicóloga Alessandra Alcântara. Ela é doutora em Ciências da Educação e vai falar da relação da infância com a mídia, os programas de TV devemos apresentar pros filhos de acordo com a idade, tipo de informação que nossos filhos devem receber e muito mais. Vai ser um bate papo bem descontraído com música, dança e sorteios.

Esse evento vai fechar o mês das Mães com chave de ouro. E o melhor: pode levar as crianças! Para isso, só precisa fazer uma inscrição no link

Formulário de Inscrição

O evento é gratuito (apenas 40 vagas). O evento será bacana e cheio de informações legais fundamentadas em pesquisas qualitativas e quantitativas.

Sobre a Alessandra - A Alessandra Alcantara faz parte do GRIM, Grupo de Estudos da Relações Infância e Mídia. O nome tb é alusivo aos irmãos Grim, precursores das histórias de contos de fadas.

Essa pesquisa contribuiu com a publicação original e inédita de um livro sensacional chamado “Midia de chocolate”, da professora Inês Silva Vitorino Sampaio, atual coordenadora do curso de comunicação da UFC.

Os parceiros do evento são: Pah! Comunicação e Eventos, Mundo da Jujuba, Carol Chocolates e Tio Renato.

O evento será genial.

 





A importância da Amamentação

A importância da Amamentação

Post Lorena Oliveira amamentaçãoUm post especial e cheio de informação da blogger Lorena Oliveira, em sua coluna no site da Lansinoh Brasil:

“O leite humano oferece composição química rica e modificável com o tempo segundo as necessidades nutricionais do bebê. Transforma também com o período da maturação gestacional, pré-parto e pós-parto, hora do dia e duração da mamada, se aperfeiçoando as propriedades fisiológicas e nutricionais do pequeno.

Colostro

O colostro é desenvolvido durante a gestação. Apresenta coloração transparente e amarelada, com aparência viscosa, muito rico em proteínas e vitaminas, gorduras, sais minerais, lactose, beneficiando a propagação de lactobacillus bifidus, que tem o objetivo de favorecer a ampliação da flora intestinal e promove a expulsão do mecônio.

Leite de Transição

Este momento é visto como apojadura (ou descida do leite) que acontece entre o 7º dia e o 21º dia após o parto. As modificações na composição do leite humano prosseguem de maneira mais lenta e nessa etapa advém a redução da quantidade de proteínas e minerais, enquanto a de gordura e de carboidratos são levemente acrescentadas até alcançar as propriedades do leite maduro e as atuais necessidades do bebê, que está desenvolvendo rapidamente.

O leite de transição se forma na segunda semana pós-parto e é a ligação entre o colostro e o leite maduro. Uma ampla parte das puérperas continua com as dúvidas em relação a aptidão nutricional do leite de transição, pois sua aparência ainda é mais aguada. Este leite passa por alterações segundo as precisões do recém-nascido, onde as centralizações de imunoglobulinas e vitaminas lipossolúveis tornam-se progressivamente menores, ao passo que o aporte calórico e as concentrações de vitaminas hidrossolúveis, lipídios e lactose crescem. O volume de leite produzido é de 600 a 700 ml e, neste período, a mãe poderá sentir a mama mais cheia, endurecida e pode ter alguma dificuldade para fazer o bebê sugar.

Leite maduro

O leite maduro aparece por volta do 15º dia, ou seja, terceira semana após o nascimento, com tonalidade esbranquiçada e aparência mais espessa do que o leite de transição. Proporciona todos os nutrientes imprescindíveis para o crescimento e desenvolvimento apropriados e sua fabricação aumenta ante as necessidades do pequeno ao decorrer da lactação. Possui em sua composição substâncias e nutrientes metabolizados e facilmente digeríveis, como as proteínas do soro, os lipídios e a lactose, do mesmo modo como uma repartição adequada de aminoácidos.

O volume de leite produzido nesta fase é de 700 a 900 ml diariamente no primeiro semestre após o parto e restringe-se para 600 ml por dia no segundo semestre. Se a mãe parar de amamentar, o leite se decomporá em uma substância parecida ao colostro e acabará desaparecendo totalmente, facilmente.

Composição diferente

O leite materno exibe composição diferente em cada fase da mamada. No começo ele é mais claro, mais aguado, pois é apropriado para matar a sede do bebê. Uma fase intermediária tem mais proteínas, para o desenvolvimento do pequeno e, por fim, na terceira fase há alto teor de gordura, o que beneficia o ganho de peso. Sabendo disso:

-Não limite o tempo das mamadas, porque o seu bebê necessita sugar o leite de todas as três fases para crescer e se desenvolver adequadamente. Se você deixá-lo por 10 minutos em cada mamada, ele pode não obter a quantidade de gordura que deve adquirir;

-Se ele não mama nos dois peitos em uma mesma mamada, faça o rodízio;

-Se ele mama nos dois peitos em uma mesma mamada, comece pela mama que ele mamou por último. Dessa maneira, ele vai adquirir uma provável gordura que deixou de mamar;

-Jamais pule as mamadas;

-Não ofereça outros alimentos, nem mesmo água”.

Lorena Oliveira, 25 anos, é enfermeira graduada pela Universidade Federal de Uberlândia. É responsável pelo blog “Blog da Lô em: Gravidez Baby”, na qual compartilha várias informações importantes sobre gravidez e cuidados com o recém-nascido, mas, o seu foco primordial é a amamentação.
Blog: www.blogdalo.com.br / Instagram: @lorenasmgestacao / Facebook: Saúde da Mulher – Gestação

Espetáculo infantil “Ogroleto” apresenta-se no Teatro Dragão do Mar

Espetáculo infantil “Ogroleto” apresenta-se no Teatro Dragão do Mar

Com enredo sobre aceitação das diferenças na infância, espetáculo é uma parceria cultural entre o grupo teatral cearense e o diretor gaúcho radicado no Rio de Janeiro Miguel Vellinho.

TIC 2015 - Ogroleto © Sheila Oliveira (31)
Um menino, ao começar a frequentar a escola, passa a fazer vários questionamentos sobre sua natureza de ogro, até então desconhecida, e a desbravar outro mundo além daquele que sua mãe costumava apresentar a ele. Com temas que envolvem a descoberta do medo, da dúvida e da aceitação das diferenças ainda na infância, a peça “Ogroleto” faz sua temporada de estreia no Teatro Dragão do Mar, em Fortaleza, todos os domingos de maio (nos dias 8, 15, 22 e 29). Nesses dias, serão realizadas duas sessões, às 17h e às 19h, para que a peça possa ser assistida tanto pelo público infantil quanto pelo público jovem e adulto. A classificação é livre, mas o grupo indica o espetáculo para crianças a partir de 7 anos. O valor dos ingressos é R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).
TIC 2015 - Ogroleto © Sheila Oliveira (13)
A peça é mais uma realização do grupo teatral Pavilhão da Magnólia que marca os seus 10 anos de trajetória, recém-completados em 2015. O texto original de “Ogroleto” é da dramaturga canadense Suzanne Lebeau, que há mais de 35 anos se dedica ao público infanto-juvenil.
O espetáculo teve pré-estreia em 2015, no Festival Internacional de Teatro Infantil no Ceará (TIC), em Sobral e Fortaleza. “Ogroleto” é fruto de um intercâmbio cultural entre os estados do Ceará e do Rio de Janeiro, já que o diretor Miguel Vellinho é professor do curso de Teatro da Unirio e integrante da Cia PeQuod – Teatro de Animação (RJ), sendo também vencedor de premiações como o Prêmio Zilka Sallaberry de Teatro Infantil, em 2011, e o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem, em 2014. O elenco de “Ogroleto” conta com os atores Nelson Albuquerque e Silvianne Lima, e o figurino é assinado por Yuri Yamamoto, ator, diretor e figurinista do Grupo Bagaceira de Teatro, vencedor do quadro “Como manda o figurino”, do Fantástico, da TV Globo, em 2015.
Ficha Técnica – Ogroleto
Texto original: Suzanne Lebeau; Tradução: Jorge Bastos; Direção: Miguel Vellinho; Elenco: Nelson Albuquerque e Silvianne Lima; Contrarregragem: Denise Costa e Jota Jr. Santos; Trilha original: Airton Bob Pessoa; Músico: Eliel Carvalho; Figurino: Yuri Yamamoto; Iluminação: Wallace Rios; Cenografia: Carlos Alberto Nunes; Cenotecnia: Auricélio Pereira, Marcos Martins e Marcos Joel; Adereços: Joaquim Sotero; Fotos: Sheila Oliveira, Luiz Alves, Gutierre Regis e Paula Yemanjá; Produção: Jota Jr. Santos; Assistente de produção: Fred Joca e Gabi Gomes; Realização: Grupo Pavilhão da Magnólia.
O Pavilhão da Magnólia 
Surgido em 2005, o Pavilhão da Magnólia é um dos expoentes grupos de teatro de Fortaleza, com uma prática voltada para ações que movimentam a cena cultural da cidade. Com produções para o palco e a rua, para o público adulto e o infantil, o Pavilhão produziu espetáculos como: “A revolta das coisas (2005)”, “O pássaro azul (2008)”, Pétalas (2009-2016), “Festa” (2012) e “Baldio” (2015). Além dos espetáculos, festivais e atividades formativas, o coletivo tem em seu histórico a revitalização de dois espaços culturais na Capital: o Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno (TU) e Teatro Carlos Câmara (TCC), este último com o projeto “Centro em Cartaz”.
Serviço: 
Ogroleto
Temporada: 8, 15, 22 e 29 de maio
Horário: sessões às 17h e às 19h
Local: Teatro Dragão do Mar
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Censura: A partir de 7 anos
Mais informações: 
20º Pic Nic Literário Clube da Sivozinha

20º Pic Nic Literário Clube da Sivozinha

Para a 20ª edição de seu Pic Nic Literário, o Clube da Sivozinha organizou uma programação incrível e bem diversificada, com direito a contacão de histórias, troca troca de livros, Pintura Facial, oficinas, ciranda cantada, Visita ao Museu.

E quem vai comandar todo esse agito é o Cazuza, grupo Dudeco e Contos e Canções Nádia Aguiar.

Será no próximo domingo, dia 15, das 9 às 12 horas, na Casa José de Alencar. Você não vai perder vai?

Ah, e não esquece de levar seu 1kg de alimento não perecível para participar da campanha realizada em todas as edições do evento. Nessa, ao levar o alimento e R$ 1,00 você ganha um Frosty. Aí ficou ainda melhor ajudar né?

20 pic nic literario